"A escolha perfeita"





“... porque o Senhor não vê como vê o homem. Pois o homem vê o que esta diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração”. ISam. 16.7b.


Introdução;


Definição de escolha; ato ou efeito de escolher, ter preferência por algo ou alguém, tendo uma ou mais opções.
No texto Bíblico sugerido notamos claramente a diferença entre a escolha feita pelo Homem, apesar deste homem (Samuel) ser um homem de Deus, e a escolha feita pelo Senhor.

“... o Senhor olha para o coração”.
Diante desta afirmação, podemos até imaginar que o Senhor faz suas escolhas pela emoção, porem posso afirmar que a escolha do Senhor não se baseia na emoção, quando o Senhor olha para o coração Ele penetra no mais profundo do Homem no âmago de sua alma, tendo plenas condições de fazer a escolha perfeita, pois é profundo conhecedor do coração humano, sendo Ele quem o criou. Vejamos a Bíblia:

“Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?”
“Eu o Senhor, esquadrinho o coração, eu provo os pensamentos; isso para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto de suas ações.” Jeremias 17.9,10.

A escolha do homem é na maioria das vezes errada, pois esta escolha é baseada naquilo que está ao alcance dos seus olhos, portanto são superficiais, não alcançando a verdadeira realidade; o intimo do coração, coisa que só o Senhor pode alcançar como já aprendemos.

No texto de I.Samuel 16.7b; Samuel vai até a casa de Jessé, um homem de Belém que tinha oito filhos, dos quais o Senhor escolheria o Rei de Israel, porem, conforme o texto diz, Samuel fazia sua escolha de acordo com a aparência dos filhos de Jessé, homens altos fortes, a primeira vista não tinha como errar, certamente pensou Samuel realmente é daqui que se levantará o “Rei de Israel”, se passaram sete dos filhos de Jessé e não seria nenhum destes o Rei, porem faltou um, o mais novo da casa, pequeno em estatura, ruivo, franzino, bem diferente de seus irmãos, provado no trabalho, pois cuidava das ovelhas de seu pai Jessé, era este o escolhido; “Davi o Rei de Israel”.



Por que Deus escolheu Davi?

Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sabias; Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes.
E Deus escolheu vis deste mundo e as despresiveis, e as que não são para anular as que são; ICor. 1;27,28.

Belém há 2000 anos: uma pequena cidadezinha situada na orla do deserto da Judéia, distante doze quilômetros de capital Jerusalém. Geograficamente apropriada para a criação de ovelhas, é um deserto cheio de vida. Os arredores de Belém são muito férteis, adequados ao plantio de cereais. Provavelmente, esta é a razão do significativo nome de Belém, “Casa do Pão”. Parte do texto de Otonilma Pimenta.

E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre milhares de Judá, de ti me sairá o que será o Senhor em Israel, e cujas origens são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade. Miquéias 5;2.

Conclusão: Se estivermos sendo orientados pela palavra de Deus, não haverá como errar. A escolha de Deus é perfeita e tudo que vem de Deus é Bom.

“Deus te escolheu.”

2 Response to ""A escolha perfeita""

  1. outroevangelho says:
    11 de outubro de 2009 13:49

    Estamos na área Jair...conte comigo!

    Edson Moura

  2. Jair dos Santos says:
    11 de outubro de 2009 16:08

    Obrigado Edson seu apoio é muito importante para mim

Postar um comentário