O principio das relações humanas.



Em busca de uma vida melhor
O homem se engana, quando pensa
Que conseguirá viver bem, vivendo só.


Criado para viver em grupo
Viver em tribos, viver em família

Terá que aprender a oferecer, sem esperar receber;
Terá que dividir, para se multiplicar;
Terá que subtrair de si, e somente assim, poderá somar



A meta não é ser elevado ao maior potencial
Mas sim, ser um individuo melhor para o bem geral

Diz a expressão; “Uma andorinha só não faz verão”

Vejam o caso de Adão; sofria de solidão
Mas da sua própria costela, extrairia a Eva
Que alegraria o seu coração



Prova que mesmo com dor
O homem precisa de uma companheira para chamar de amor


Deus via com alegria o convívio em família, mas será que agora, não era Deus quem sofria de solidão?


Visto que de forma espiritual, não havia ninguém que lhe fosse igual
Mais tarde, Deus se manifestou na forma carnal, habitou entre os homens, vem para ensinar o amor, sofreu, morreu, e por todos se entregou



Hoje habita no coração dos homens, fez de cada homem uma parte de um todo, onde todos juntos somos iguais á Deus.

14 Response to "O principio das relações humanas."

  1. Isa Medeiros says:
    2 de maio de 2010 11:25

    Linda poesia, Jair, e teologicamente diz muito do que penso: "Mais tarde, Deus se manifestou na forma carnal, habitou entre os homens, vem para ensinar o amor, sofreu, morreu, e por todos se entregou"; "Hoje habita no coração dos homens, fez de cada homem uma parte de um todo, onde todos juntos somos iguais a Deus".

    Se eu a tivesse escrito, só faria uma (quase) imperceptível alteração no seguinte trecho:

    "Prova que mesmo com dor
    O homem precisa de uma companheira para chamar de amor", para

    "Prova que mesmo com dor
    O homem precisa de uma companhia para chamar de amor".

    Mas não estou querendo ser chato, é apenas uma observação de um bom observador, nada mais...

    Abraço.

  2. Jair dos Santos says:
    2 de maio de 2010 15:32

    Amigo Isa

    Não se preocupe, sua alteração é fruto da sua percepção, o importante é que a poesia é livre a fala da maneira que queremos escutar...companhia ou comanheira não importa...

    Obrigado pela observação.

    Forte abraço.

  3. Jair dos Santos says:
    2 de maio de 2010 15:47

    AMIGOS CONFRATERNOS;

    INFORMO QUE POR NECESSIDADE FINANCEIRA, TEREI QUE ME DESFAZER DO MEU COMPUTADOR, POR ESTE MOTIVO ME AUSENTAREI POR ALGUM TEMPO DESTA E DAS SALAS DOS NOSSOS CONFRATERNOS; ESPERO QUE COMPREENDAM ESTE MEU MOMENTO.

    ESPERO MUITO EM BREVE VOLTAR COM FORÇA TOTAL E COM NOVAS POESIAS.

    CONTINUAREI ME DEDICANDO A POESIA, JÁ RESERVEI UM CADERNO, ONDE ESTOU ESCREVENDO MAIS POESIAS.

    FORTE ABRAÇO A TODOS.

  4. Gresder Sil says:
    2 de maio de 2010 18:50

    Jair vejo que escreves poesias com estilos diferentes, o que é muito bom.
    Eu também estou ausente de sua sala, mas assim que você voltar a escrever regularmente creio que também terei mais tempo, pois esses dias eu tenho andado muito ocupado e comentado pouco.

  5. Isa Medeiros says:
    2 de maio de 2010 19:06

    Sentiremos tua breve falta, Jair. Que voltes ainda mais "turbinado" depois. Abraço.

  6. Jair dos Santos says:
    2 de maio de 2010 19:16

    Grande amigo Gresder;

    Obrigado por suas palavras de incentivo, fique tranquilo. Entendo que temos outras ocupações que tomam nosso tempo e que o blog é o nosso passa tempo, aliás muito proveitoso. Sinto ,muuito em ter que me ausentar, mas sempre que sobrar um tempinho e alguns trocados vou visitálos por uma lan house.

    Fica ai registrada a minha ultima postagem. Mais uma vez um forte abraçao á todos.

  7. Jair dos Santos says:
    2 de maio de 2010 19:17

    Amigo Isa;

    Obrigado pelo apoio e carinho

    Forte abraço.

  8. Paulinha says:
    5 de maio de 2010 00:38

    Amigo JAIR,

    Parabéns pela belíssima poesia...

    Comentarei este fragmento:

    "Mais tarde, Deus se manifestou na forma carnal, habitou entre os homens, vem para ensinar o amor, sofreu, morreu, e por todos se entregou"...

    "Mais tarde, Deus se manifestou na forma carnal"..(no meu pensar, com todo respeito é claro, vejo a manifestação de Deus em nós quando somos responsáveis para semear o seu amor, não que Deus seja nós e nós sejamos Deus, mas somos uno, quando agimos somente com amor...fazendo pelo próximo, necessitado, tudo aquilo que faríamos por um ente querido nosso....)

    Abraços.
    Volte logo amigo...sentiremos sua falta, mas estaremos ansiosos aguardando a sua volta.

  9. Oséias Balzaretti says:
    5 de maio de 2010 15:54

    Jair,

    Gostei muito de sua poesia, principalmente quando disse: "A meta não é ser elevado ao maior potencial
    Mas sim, ser um individuo melhor para o bem geral".

    Talento não lhe falta mano, continue assim!

    Abraço

  10. Eduardo Medeiros says:
    7 de maio de 2010 21:19

    Jairzinho, volta logo...

  11. Eduardo Medeiros says:
    7 de maio de 2010 21:21

    Não podemos ficar nem mais um minuto sem você
    sinto muito amigo mas não pode ser
    nos acostumastes mal desfilando diante dos nossos
    olhos, a tua alma poética,
    tua escrita singela e tua inteligência artística
    nos fazem falta que até doi...

  12. Blog do Evaldo Wolkers says:
    29 de maio de 2010 08:51

    Grande Poeta Jair,

    Muito bom o ensaio.

    A sociedade realmente caminha para uma só-ciedade.

    Onde as pessoas vivem em grupos, porém, isoladas.

    Não importa a quantidade de pessoas que convivem juntas, a verdade é que mais e mais, estes grupos se sentem só.

    O que dizer da sociedade "cristã" que, atualmente caminha sozinha, deixando Cristo na cruz, sem perceber que, suas atitudes o deixaram assim, sem ação.

    Obs. pentecostal: "Mermão, se tu tá sem grana e precisa vender o micru é porque você num deu o dizmo, foi o devoradô qui cumeu seu computadô."

    rsrs.

    Abraços e vê se volta logo,

    Evaldo Wolkers.

  13. Paulinha says:
    7 de junho de 2010 21:00

    Amigo JAIR,

    Volta logo , já sinto saudades de você, grande poeta...

    Abraços.

  14. O Reino em nós says:
    6 de setembro de 2010 20:55

    Oi mano, graça e paz, sempre!

    Parabéns pelo blog. Já o estou seguindo.

    Aproveito para lhe convidar a conhecer O Reino em nós e se desejar segui-lo, será uma honra.
    Seus comentários, além de bem-vindos, são necessários para engrandecer nosso espaço.

    Nele, que nos ensinou a compartilhar.

    Sandro
    http://oreinoemnos.blogspot.com/

Postar um comentário