Meu dia de Incrivel Hulk



Sei que a vida, não é só de momentos bons;

Mas, por que está tão ruim?

Momentos bons duram pouco;

E os desgostos, parecem não ter fim.

Pelo menos comigo sempre foi assim.



Estou inconformado, me sentindo lesado

Chega! Cansei de ser o coitado, não quero que tenham dó de mim

Mas não me dou por derrotado, não vou ficar parado.

Eu vou sair daqui.



Vou parar de chorar, mas continuarei a reclamar

Exijo meus direitos. Eu também sou filho de Deus.

Eu preciso ser feliz.



Preciso sentir o gosto

Chega de só roer o osso

Eu tenho direitos, já que os meus deveres, sou obrigado a cumprir.



Não  peço nada para Deus

Quem sou eu para exigir

Não quero privilegio

Já sei me virar sozinho

Foi Deus que me fez assim



Este é o meu desabafo

Sou humano, sou falho

Mas não sou de todo ruim

Perdoem-me o mau humor

O mar não está prá peixe;

Muito menos prá mim.

10 Response to "Meu dia de Incrivel Hulk"

  1. Blog do Evaldo Wolkers says:
    24 de abril de 2010 20:21

    Grande Jair,

    Seu texto é bastante poético.

    Encontrei nele diversos momentos de nossas vidas, desde a estagnação à ação, desde a cobrança, até a aceitação, lados opostos, mas, sempre dispostos à nossa percepção.

    Afinal de contas, o dia bom não anda separado do ruim e vice-versa.

    Abraços.

    Evaldo Wolkers.

  2. Paulinha says:
    24 de abril de 2010 21:02

    Amigo JAIRZINHO,

    Tomei um susto deste mostro verde aí da foto....rs.."ave maria três vezes"..hahahaaaaaaaaa

    Mas é isto mesmo, a vida não é feita somente de momentos bons....e ao mesmo tempo em que estamos vivenciando algo bom, logo a vida se encarrega de nos trazer alguma aflição..

    Mas afinal quem disse que a vida não teria dores e desamores não é mesmo?!

    Mas que possamos, fazer de nossas fraquezas, um motivo para ser forte..

    "Porque, quando sou fraco, então, é que sou forte". (2 Coríntios 12:10).

    Abraços querido!!
    Muitíssimasssssss felicidades e paz para a sua vida!!

  3. Marcio Alves says:
    25 de abril de 2010 16:29

    Amigo Jair

    Sei que a vida é muito mais marcada pelo trágico, sendo a felicidade uma revolução imposta de dentro para fora.

    Sei também que se nós olharmos apenas para as tragédias viveremos tristes, por isso mano não olhe apenas deste ponto de vista, mas sim de um outro ângulo, de que ao menos temos o mais importante, que na verdade é o necessário... a VIDA e FAMILIA, pois o resto nós corremos atrás!!!!

  4. Jair dos Santos says:
    26 de abril de 2010 16:45

    Amigo Evaldo;

    Grande é a minha satisfação em recbê-lo aqui no meu cantinho virtual, como tem percebido procuro escrever de maneira poética, temas da realidade...quem um dia já não acordou em furia, revoltado indignado e de mau humor? Este poema reflete o que realmente sinto ultimamente...mas compreendo que as coisas ruins estão sempre acompanhadas das boas e vice versa.

    Muito Obrigado por sua visita e comentário volte sempre...faça o seu login.

  5. Jair dos Santos says:
    26 de abril de 2010 16:57

    Minha fiel escudeira Paulinha;

    Nunca é de mais dizer: que bom ter você por aqui, desculpe se a minha caricatura te assustou...hahahaha

    Querida Paulinha hoje assumo a condição de estar fraco (falho), não me cobro mais a postura de forte, pois sei que se eu agir com este pensamento estarei alheio a vida...hoje já não tenho mais vergonha de expor meus sentimentos...Quando estou fraco é porque estou fraco mesmo, não fugirei da realidade a vida não é um conto de fadas...Desculpe se fui rispido a vida é assim real.

    Forte abraço.

  6. Jair dos Santos says:
    26 de abril de 2010 17:06

    Amigo Marcio;

    É isso ai...os momentos trágicos tem seu lado positivo, é o ponto de partida para mudarmos uma situação de adversidade...precisamos dos momentos bons para nos realizar como pessoas...precisamos dos momentos ruins para nos fazer crescer e entender que a vida é dura, mas tem lá as suas doçuras.

  7. Eduardo Medeiros says:
    26 de abril de 2010 18:25

    Jair, meu querido...

    Seu poema-desabafo é forte e necessário. O "por que" está sempre em nossa boca. Problemas sempre os teremos conosco. Não dá prá ser diferente. Mas a atitude certa não deve ser somente o "por que". Temos que surfar em mares havaianos todos os dias. O negócio é ter uma boa prancha.

  8. Jair dos Santos says:
    26 de abril de 2010 19:04

    Amigo Dudu;


    Eu precisava colocar algumas coisas prá fora, uma especie de faxina mental, estas porcarias estavam me fazendo mau...Sabe o tál perde e ganha da vida, o tal bate e apanha...são inevitáveis...não dá prá ganhar todas...mas tem hora que precisamos reagir e deixar de só apanhar...entendeu?

  9. Levi Bronzeado says:
    27 de abril de 2010 21:12

    Jair, meu eleitor e poeta

    Esses teus versos, me fez lembrar da música antológica de Lulu Santos:

    "Nada do que foi será
    De novo do jeito que já foi um dia
    Tudo passa
    Tudo sempre passará

    A vida vem em ondas
    Como um mar
    Num indo e vindo infinito..."

    ("Cada um de nós tem seus dias de Hulk" - mas a onda vem e passa...)


    Abçs,

    Levi B. Santos

  10. Jair dos Santos says:
    27 de abril de 2010 21:49

    Excelentissimo Sr. Presidente;

    Estou contigo e não abro...já faço campanha para sua reeleição, se Lula pode, e o Levi por que não...kkkkk

    Todos nós temos o nosso dia de furia, decepções e tristezas...mas vai passar...vai passar...

Postar um comentário