“O Jogo da vida.”




O futuro nas mãos de um deus jogador.


A vida é como um jogo
Quem quer jogar?
Não depende de sorte
Nem tão pouco de azar
Saiba que o resultado não se pode alterar

Alguns nasceram para perder
Outros nasceram para ganhar

Então

Que graça tem viver?
Que graça tem jogar?
Sabendo quem vai perder
Sabendo quem vai ganhar

Destinos estão marcados e cortados como cartas
Perdedores e vencedores receberam suas marcas
O final está traçado, não importa o que se faça

Na roleta desta vida muitos são trapaceados
Estão nas mãos de um manipulador, frio e obstinado
Alheios a própria vida, lançados como dados
Mesmo antes da jogada já se sabe o resultado

Como se fosse uma corrida arranjada
Se conhece o vencedor ainda na largada
Então por que correr?
Então por que viver?
Se a vitória foi armada?
Será a  visão de um deus que conhece o futuro?
Será este o deus da marmelada?

35 Response to "“O Jogo da vida.”"

  1. Eduardo Medeiros says:
    9 de março de 2010 11:31

    Muito bom!!!!!

    Einstein disse certa vez, dentro do contexto do determinismo que deus não jogava dados. Mas creio que seja exatamente o contrário: Ele joga dados a todo momento e deixa a vida em "aberto' para que cada um decida o caminho a seguir.

  2. Jair dos Santos says:
    9 de março de 2010 16:40

    Meu Mano Dudu;

    Ainda que Deus deixe a vida em aberto, qual é a finalidade de jogar dados? Seria para determinar a nossa sorte?

  3. Marcio Alves says:
    9 de março de 2010 17:40

    Duzinho, Einstein não estava totalmente certo quando disse isto, pois com o advento da fisica quantica, hoje já é sabido que o universo não é totalmente causal e estatico, mas antes também o é aleatorio, isto mexe também com o determinismo fatalista da teologia calvinista.

  4. Edson Moura says:
    9 de março de 2010 21:17

    Belo texto jair...estou numa correria tremenda,mas estou aos poucos me organizando, e em breve estarei de volta com todo gás!

    Abraços mano!

  5. Gresder Sil says:
    9 de março de 2010 21:22

    Pode fazer piadinha com esse deus mesmo pois ele já tinha determinado isso mesmo.

    Caçoem, cantem, poetizem, ridicularisem e blasfemem a vontade, Já estava escrito tudo isso.

    Não a o que temer o que inevitavelmente ira acontecer, o medo só serve para as possibilidades, e já que elas não existem manda bala Jair e cumpra o seu papel de vaso de desonra kkkkkkkk

  6. Jair dos Santos says:
    9 de março de 2010 22:15

    Meu Mano Edson (Noreda);

    Espero seus comentários anciosamente, pois são de grande relavância para mim.

    Abraços.

  7. Jair dos Santos says:
    9 de março de 2010 22:18

    Gresder Meu querido é um prazer tê-lo aqui.

    Desculpe não entendi sua critica, ainda que não quero impedi-lo de fazê-la; Lembre-se somos livres para pensar e isto não vai afetar o carater do verdadeiro Deus, sendo que não tenho esta pretenção.

    Volte Sempre!

  8. Paulinha says:
    10 de março de 2010 14:03

    JAIR, meu querido....sou tua fã...rs

    Que belo ensaio, parabéns!!

    Particularmente, também vejo a vida como um jogo, onde não sabemos ao certo quando começou a partida, quantos jogadores perderão (sairão do jogo antes mesmo de terminar a partida), quantos entrarão na partida...e quem ficará firme e presente até ganhar com forças e garras este jogo.....e mesmo "ganhando a partida"....qual será a recompensa (troféu) que o melhor jogador receberá....

    É meu amigo, creio que este jogo da vida chama-se SEGREDO.....um segredo que não sabemos, não conseguiremos desvendar, pois cabe somente à ELE todos os mistérios da vida...

    Mas o que cabe a nós então?! Apenas jogar enquanto tivermos amigos na partida e saúde suficiente para suportar as vitórias e quedas deste jogo...

    Beijos!! Muita paz querido.

  9. Jair dos Santos says:
    10 de março de 2010 16:43

    Querida Paulinha;

    Respeito seu comentario, porem penso totalmente o contrario não vejo a nossa vida como um jogo; Percebeu meu tom de sarcasmo?

    Este "deus" jogador é na verdade um manipulador que brinca com a vida das pessoas é o "deus" que conhece o futuro, pois armou tudo e não a nada que possamos fazer para mudar.

    Não aceito que brinquem com o meu futuro nem com o futuro daqueles que amo.

    Abraços.

  10. Jair dos Santos says:
    10 de março de 2010 17:00

    Paulinha com meu ensaio quero chamar a atenção das pessoas e fazê-las pensar, perceba que no inicio pergunto: "Quem quer jogar?"

    Creio em um Deus que se preocupa com o bem estar daqueles que ele criou, partindo da premissa de que Deus é amor.

    Não se ofenda por favor.

    Abraços.

  11. Gresder Sil says:
    10 de março de 2010 17:39

    Jair não foi uma critica ou seu texto mais ao Deus calvinista

  12. Paulinha says:
    10 de março de 2010 18:29

    Amigo JAIR,

    De forma alguma estou ofendida, muito pelo contrário, estou é feliz pela primeira vez discordar com você e debater um pouquinho...rsrs...porque eu sempre discordo com todos, e particularmente, isso já virou até "curtição" pra mim....hahah...

    Entendi sua colocação, obrigada pela atenção ... e realmente, se for responder agora a sua pergunta..

    Ninguém quer jogar!!

    Mas a vida pra mim, ainda parece um jogo...e não sabemos como e quando vai terminar esta partida...(Metáfora que carrego em meu pensamento à muito tempo amigo)....pelo simples fato da vida ser um estágio...

    Beijosss...

  13. Jair dos Santos says:
    10 de março de 2010 21:01

    Gresder;

    Tudo certo cheguei a pensar que vc virou calvinista...kkkkk

  14. Jair dos Santos says:
    10 de março de 2010 21:07

    Certo Paulinha;

    Aqui não é a sala dos debates, mais tudo bem...rsrsrsrs

    Tem certeza que quer continuar pensando que a vida é um jogo e que ainda existe um premio para o vencedor?

    Te pergunto:

    O que será dos supostos derrotados?

    Aguardo suas considerações...rsrsrsr

  15. Paulinha says:
    11 de março de 2010 17:11

    Amigo Jair, eu só comparo a vida como um jogo, porque tudo é passageiro...assim como uma partida de jogo......

    Não creio que estamos "brincando" aqui, mas a FASE da vida é curta como a FASE de um jogo....certo?! ou errado?! rsrsr...

    O que será dos supostos derrotados?!


    Pra mim amigo, a única derrota dos "jogadores" aqui existentes, é a morte.

    O "troféu?!"....não sei se seria um troféu....mas o que nos aguarda, é apenas a vida eterna em lugar prometido pelo nosso pai.

    Beijos!!

  16. Jair dos Santos says:
    12 de março de 2010 11:27

    Querida Paulinha Pitagórica;

    Entendo a sua preferência pelo "Jogo da Vida", partindo da ideia de que um jogo exige cauculos de probalidades.

    Mas ao meu ver fica dificil sustentar esta sua tese, vejamos sua escrita:

    "Não creio que estamos "brincando" aqui, mas a FASE da vida é curta como a FASE de um jogo....certo?! ou errado?! rsrsr..."

    Desculpe vejo uma implicação nesta frase e geralmente pensam assim a maioria dos evangélicos.

    Chavões mais utilizados:

    Estou aqui só de passagem...,eu não sou daqui deste mundo...,logo Jesus vem me buscar...etc

    Nota-se um descaso pela vida, vida esta, que eu considero o maior "trofeu" que podiamos receber.

    Pergunto quem despresa esta vida aqui no sentido de que podemos apalpar, melhorar, tranformar, merece ser premiado com a eternidade algo que ainda nos é distante, invisível, a eternidade?

    Então falando em termos de FASE, quem não for bem nesta não conseguirá passar para outra FASE.

    Outra frase sua:

    "Pra mim amigo, a única derrota dos "jogadores" aqui existentes, é a morte."

    Não vou me estender neste comentário, só me resta dizer, dentro desta linha de pensamentos, Todos os jogadores já estão derrotados, vista que todos irão morrer.

    Ponto contarditório:

    "O "troféu?!"....não sei se seria um troféu....mas o que nos aguarda, é apenas a vida eterna em lugar prometido pelo nosso pai."

    Se a derrota é a morte e o troféu é a vida eterna, siguinifica que na primeira FASE sou derrotado para depois viver eternamente vitorioso? Outra pergunta quem foi derrotado, como é que poderá ser considerádo vencedor ainda mais em se tratando de eternidade?

  17. Jair dos Santos says:
    12 de março de 2010 12:51

    Paulinha acho melhor você pedir a ajuda do Noreda...rsrsrsr

  18. Paulinha says:
    12 de março de 2010 15:20

    Amigo você me venceu...rsrsr....

    Tudo bem, a vida não é mais um jogo!!

    hahahahah....

    Beijos querido!!

    P.S. Vou fazer umas aulas com o Noreda, pode deixar!! rs...

  19. Eduardo Medeiros says:
    12 de março de 2010 19:43

    Marcinho, mas foi exatamente o que eu quis dizer: que o determinismo de Einstein hoje já está superado, como você disse.

  20. Eduardo Medeiros says:
    12 de março de 2010 19:43

    um deus que não joga dados é um deus que não permite que nada seja aleatório, ou seja, é um deus determinista muito parecido com o deus de calvino.

    Quando eu disse que ele "joga dados" eu estava querendo contrapor ao "não joga dados", ou seja, no meu entender, deus não determina o futuro, ele deixa que "os dados" rolem...

  21. Eduardo Medeiros says:
    12 de março de 2010 19:47

    Acho que eu entendi quando PAULINHA disse que a vida é um jogo. Acho que a sua metáfora é válida, visto que ela não diz que deus está manipulando o jogo. Ou não?

  22. Isa Medeiros says:
    12 de março de 2010 22:30

    Jair

    (Mais) Um poema brilhante.

    Realmente, que graça tem viver, se tudo já está "predestinado"? E que "livre-arbítrio" é esse que nunca nos dá a opção de exercermos o nosso arbítrio para sermos salvos sem ser pela escolha obrigatória das igrejas e da religiosidade vazia?

    Abraço.

  23. Paulinha says:
    12 de março de 2010 22:32

    DUDU, eu já havia abandonado a batalha com JAIR, pois estava me sentindo só e sem compreensão aqui neste recanto de poesias....e resolvi recuar, para não estragar o perfume que reina neste jardim florido de JAIR...hahahah...

    Mas que bom que você me compreendeu, realmente quando uso a metáfora que a vida é um jogo, eu não cito que Deus manipula o jogo e nem manipula nós....

    O simples fato, de comparar a vida a um jogo, é porque assim como o jogo termina, a vida também termina....apesar de que, muitos acreditam que ela continua, na vida eterna...mas isso é outra estoria..rs

    Beijos!! esse amigo JAIR me deu canseira pela primeira vez...affff...rs..

  24. Jair dos Santos says:
    13 de março de 2010 13:25

    Paulinha;

    Neste jogo de ideias o vencedor já estava pré determinado...kkkkkkkk

    Agora você se aliar com o Capitão Dudu prá vencer é jogada desleal...rsrsrsr

  25. Jair dos Santos says:
    13 de março de 2010 13:50

    Capitão Eduardo Medeiros;

    Chego a sentir um frio na barriga, quando sou confrontado por suas ideias, pois sei que elas surgem de uma mente privilegiado, na qual talvez eu não consiga acompnhar a rapides de raciocinio, de um grande jogador de xadrez.

    Note os termos pejorativos que me utilizo no poema:

    "cartas marcadas e cortadas", jogar dados é uma expressão que utilizei para dizer que este dados (fatos e acontecimentos da vida) já estão marcados e neste jogo armado, não importa o que se faça, o resultado final não será alterado.

    Por este motivo é que não concordo que deus joga dados, mesmo que permita que o futuro permaneça em aberto. Tenho uma má impressão desta idéia, sinto repulsa ao pensar que:

    "O terremoto do Chile foi uma jogada" para eliminar vidas, e que isto já estava marcado para acontecer, ou seja faz parte do jogo. Sem dizer nas outras catastrofes.

    A visão apocaliptica dos religiosos em especial os evangelicos de que todos os acontecimentos são o prenuncio do fim do mundo e da volta de Jesus, já não são mais um atrativo para mim é necessário viver as realidades da vida pratica e tentarmos construir um futuro melhor, á começar por respeitar os direitos de cada um, e também deixarmos de agredir tanto a natureza, pois existe a grande probabilidade da natureza reagir contra nós. Somos reponsáveis em por ordem a caos, mais acontece que temos contriubuido para aumentar o caos.

    Depois não adianta reponsabilizar Deus.

    Isto não é um jogo, isto se chama vida o dom gratuito de Deus.

  26. Jair dos Santos says:
    13 de março de 2010 13:54

    Grande Isaias;

    Obrigado pela visita e pelos elogios ao meu ensaio.

    Fico feliz em saber que nossas idéias e pensamentos coadunam.

    Volte sempre!

  27. Marcio Alves says:
    13 de março de 2010 14:12

    PAULINHA sendo vencida em um debate???
    E além do mais, ela reconhecendo isto???
    Deve ser mesmo a tal da predestinação fatalista, pois é a única explicação para isto. Hahahahahaha

  28. Marcio Alves says:
    13 de março de 2010 14:13

    Duzinho eu entendi o seu comentário anterior, o meu foi somente para completar, visto que achei interessante e relevante.

  29. Marcio Alves says:
    13 de março de 2010 14:16

    Isaias realmente você tem toda razão, pois se assim for, quando eu chegar lá no céu de ruas de ouro e muros de cristal, vou reclamar com o todo poderoso porque não deixou eu ser eu mesmo livre.

  30. Marcio Alves says:
    13 de março de 2010 14:18

    Apesar da brincadeira dos 30 comentários, parabéns amigo, por esta postagem polemica que lhe rendeu bastante comentários!!!!

  31. Marcio Alves says:
    13 de março de 2010 14:18

    Jairzão, este comentário vai ser só para encher lingüiça, para poder chegar aos 30 comentários! hahahahahha

  32. Marcio Alves says:
    13 de março de 2010 14:19

    Caramba meu.........vou sair logo desta sala.......se não isto aqui vai para os 100 comentários!!!!

  33. Marcio Alves says:
    13 de março de 2010 14:19

    Há não...........eu queria ficar nos 30, mas agora já são 31!!!

  34. Jair dos Santos says:
    13 de março de 2010 14:35

    Marcio;

    Já realizei seu sonho de mais de 30 comentarios em uma postagem minha, ainda que você tenha contribuido direta e indiretamente para isto...rsrsrs

    Já coloquei uma postagem nova que deverá alcançar pelo menos 20 comentários...rsrsrs

  35. Paulinha says:
    13 de março de 2010 19:57

    MARCINHO, debater com o Jair não foi fácil não, ele me pegou desprevenida, por isso reconheci a queda do GOLIAS (eu mesma..hahahah), pois DAVI (Jair) veio com armadura e tudo...a sorte que o DUDU só estendeu a mão pra eu me levantar do chão depois da queda e sacudir a poeira...kkkkkkkkkkkkkkkk

    É nestas horas que reconhecemos os amigos né DuduzinhoooOOo...kkkkkk

    Mas me aguarde, não mais fracassarei....e onde fica meu poder de mulher debatedora...hahah

    Beijosss...Este foi só para completar 35 comentários...rs

Postar um comentário