"O preço da salvação"




Uma ameaça ao pobre cristão
Basta apenas um vacilo
Basta apenas um tropeço

Um pensamento impuro
Se mencionar um palavrão

Sem perdão já me complico
Sem motivo estou aflito
Arrancam-me a salvação

Dizem que eu não mereço
Dizem que não tem preço
Parece até propaganda de cartão

Preciso ter crédito
Esta salvação é por mérito
Dizimo e oferta
Jejum e oração

O discurso é o mesmo
Salvação é um pretexto
Está aberto o pregão

Está sem dinheiro?
Está sem cheque ou sem cartão?
Faça aqui um desafio
Venda agora o seu filho
Participe do leilão

A causa é justa
O motivo é nobre
Vale a sua salvação

23 Response to ""O preço da salvação""

  1. Isa Medeiros says:
    13 de março de 2010 14:29

    Um espetáculo esta sua postagem. Realmente, o crente vive numa "corda-bamba" onde ao menor deslize a consciência neurótica e policialesca está a lhe acusar, com sirenes e giroflex ligados.

    Quantas vezes também já ouvimos frases do tipo "você ainda tem crédito com Deus?", sobretudo nas igrejas pentecostais?

    Abraço.

  2. Jair dos Santos says:
    13 de março de 2010 14:40

    Grande Presidente;

    Seu comentário é a sintese deste meu protesto em forma de poesisa.

    Forte abraço.

  3. Marcio Alves says:
    13 de março de 2010 14:44

    Jairzinho muito boooooooom este seu texto, um dos melhores que já li.
    Espera só um pouquinho que eu já volto aqui para comentar.

  4. Marcio Alves says:
    13 de março de 2010 15:12

    Pronto Jair, já voltei. Rrsrsrsrs
    É que eu tinha ido ajudar o meu pai a carregar as compras dele. Rsrsrrsrss

    Agora vamos ao que interessa:
    Uma das serias implicações epistemológicas da fenomenologia noese do conceito soteriologico são:

    O que é salvação?? Do que precisamos ser salvos? Para quê?? De quem?? E por quem?? E como??

    Fico aqui no aguardo destas das suas respostas para essas simples perguntas.

  5. Jair dos Santos says:
    13 de março de 2010 17:00

    Óh insaciavel questionador Marcio;

    Estou me preparando para ir trabalhar, mais voltarei para tentar responder-te.

    Até Logo.

  6. Marcio Alves says:
    13 de março de 2010 17:13

    Beleza Jair, vou ficar esperando, até porque suas últimas respostas as minhas inquietantes e insaciáveis perguntas estão evoluindo exponencialmente a cada dia..........

    Estou no aguardo do que vai daí, me preparando daqui. rsrsrsrsr

  7. Paulinha says:
    13 de março de 2010 20:01

    MARCINHO, não vem com desculpa esfarrapada de ajudar carregar compras, assume que foi pesquisar no site da GOOGLE assuntos para as suas inquietantes perguntas que compõem esta cabeça pensante........hahahahahahahah....

  8. Paulinha says:
    13 de março de 2010 20:14

    Aham amigo JAIRZINHO, cheguei para comentar...rs

    Deixe-me 'arregaçar' as mangas...porque agora já estou preparada para o golpe...hahaha...

    Mas então, eu acho que as infuências do Márcio está interferindo meus pensamentos, pois também quero saber qual a salvação prometida?! Se é que Ele prometeu a salvação e se é para todos a garantia de salvação...ou será apenas para os "escolhidos"?!...

    Quanto ao preço?! Para mim, nada aqui tem preço....as igrejas põem preço em milagres....impulsionam as pessoas a "comprarem" suas salvações...libertações......com um único intuito, de apenas encherem os próprios bolsos..

    Ano passado fui à uma igreja perto de casa, e o pastor só sabia falar em dinheiro, "doe seu décimo 3º!"..."doe a décima parte do seu salário!"...."doe as cuecasss irmãos" (ops) errei...hahah

    Olha se eu estivesse indo até hoje nesta igreja, acho que não estaria falando com vocês agora, pois meu not já não existiria mais, eu já teria dado em troca da minha salvação...hahahahah...

    Mas parabéns pela mensagem de "ABRIR OS OLHOS"...

    Que muitos tenham a opotunidade de passar pelo seu blog neste momento amigo Jair...será uma benção!

    Beijos!!

  9. Marcio Alves says:
    13 de março de 2010 23:07

    O pior que é verdade mesmo Paulinha, bem na hora em que eu iria escrever o meu comentário para o Jair, meu pai chegou com a compra e pediu-me para ajudá-lo.

    Ademais paulinha, grande parte de nossos – meu e do Edson – pressupostos teológicos filosóficos, já foram analisados e pensados antes mesmo de começarmos o blog, ou seja, são apenas alguns pensamentos novos que estamos tendo que trabalhar, ou seja, na grande maioria das vezes, já temos na ponta da língua as perguntas e respostas para as questões pensantes.

    Mas será que esta sua acusação, mesmo que seja de brincadeirinha, não reflete o seu agir?
    Pois de acordo com a psicanálise, nós temos uma grande tendência de projetar no outro a nossa imagem.

    E as peças se encaixam perfeitamente no seu caso, pois como você mesmo admitiu não ter nenhum conhecimento teológico, logo quem precisaria do Google seria você, e não nenhum de nós!!!

    Estou certo ou errado??

    Te peguei né paulinha, pode falar a verdade que nós todos vamos entender. Hahahahahahahaha

    Abraços

  10. Jair dos Santos says:
    14 de março de 2010 08:10

    Marcio e Paulinha;

    Visto que suas duvidas são as mesmas, serei simples em responder co, simplicidade as simples quetões propostas:

    O que é salvação??

    R.: Salvação denota livramento, no sentido de livrar, libertar, sendo esta uma conotação espiritual.

    Do que precisamos ser salvos?

    R.: precisamos ser salvos do pecado, ou seja do desvio moral que atingiu toda a humanidade, quando do abandono de Deus para seguir seus proprios pensamentos, e isto erdamos de Adão e Eva.

    Para quê?? De quem??

    R.: Para não sermos condenados co o mundo, e rebermos o livramento da ira de Deus que virá sobre a humanidade corrompida.

    E como??

    R.: Através do sacrificio vicario e expiatório de Cristo na cruz, que tem como objetivos principais, aplacar a ira de Deus e garantir ao pecador arrependido a "Vida eterna."

  11. Marcio Alves says:
    14 de março de 2010 08:44

    Que isto Jair???
    De liberal ao fundamentalismo mais fundamental e engessado!!!
    Confesso que fiquei de boca aberta, bem que o Raul já dizia que nós todos somos uma metamorfose ambulante, mas isto é o cumulo da metamorfose amigo. rsrsrsrsrs

    Mas vamos então passar a questionar as suas respostas, pois saiba jair e todos os confraternos, que a problemática de uma resposta não é a resposta em sim, mas antes os seus desdobramentos implicantes desta mesma resposta.


    Vou fazer na mesma ordem de suas respostas:

    Mas o que é este livramento espiritual do qual você fala???
    Seja mais pragmático amigo. rsrsr

    Então quer dizer que você acredita que herdamos o pecado de Adão e Eva??
    Mas isto não é injusto??
    Pois como posso ser culpado de um pecado que não cometi, sendo que nem pedi para nascer???
    Quer dizer que toda raça humana é maligna, podre por causa do pecado de Adão?
    Quer dizer que não existe bondade no ser humano, que ele é totalmente corrompido pelo mal??

    (Jair cada resposta sua vai piorando a sua situação amigo. rsrsrs)

    Quer dizer que deus irá condenar o mundo??
    mas que mundo??
    O mundo dos que não aceitaram a jesus como salvador??
    Mas o mais importante é: afinal de contas que ira de deus é essa que você fala que virá sobre a humanidade???
    Se somos pecadores por causa de Adão, deus ainda vai ficar irado e destruir a todos nós????
    Esta condenação ao qual você se refere é o queimar no inferno eternamente???

    Quer dizer que Jesus precisou morrer para aplacar a ira de deus??

    Mas que deus mais sanguinário e injusto é este jair, o qual você acredita!!!

    Eu sei que cada um cada um, mas sinceramente, eu to fora de servir um deus assim!!!

    Abraços e estou no aguardo de suas respostas as minhas perguntas.
    lembre-se de seguir a ordem em que elas foram feitas, e de responder a todas, pois eu vou prestar muita atenção, para você não pular nem uma pergunta. rsrsss

  12. Paulinha says:
    14 de março de 2010 17:36

    Marcittooooo, muita calma nessa hora...

    Não precisa vir com sete pedras na mão para revidar a pedrinha que tentei lhe jogar...hahahahahahah...

    Se for seguir o seu raciocínio lógico, que eu sou a única que não entendo de teologia, ao contrário de todos os confraternos, logicamente que eu pesquisaria em algum lugar coisas sobre a teologia....

    Mas dois detalhes:
    1)Eu não sei muitas coisas, mas sei o essencial por enquanto, até porque para saber o que sei, não estudei teologias como você...mas matemática lhe garanto que domino bem. Pois afinal, de 17 anos pra cá, minha vida tem gerado em torno de livros matemáticos..cáculos..álgebra..analise real...lógica...etc etc...

    Cada qual com o seu conhecimento né?!

    2) Eu leio muitas coisas em sites, pois é próprio meu fazer pesquisas, leio livros de ensinos bíblicos...e leio a bíblia.....
    Quando me sinto "fraca" a comentar, pesquiso, leio algo que identifica o meu pensamento...e assim comento algo de forma mais objetiva.

    Você perguntou eu respondi....rs...sou bem sincera em meus atos, mas copiar, plagiar....isso não faço! Apenas formulo meus pensamentos com base nos pensamentos de outros...não plagiando pensamentos, mas aprimorando-os e assimilando-os com o que já sei...e para meu maior desempenho e aprendizagem.

    Beijinhoss....

  13. Paulinha says:
    14 de março de 2010 17:39

    Aliás....aprender é reconhecer....é buscar...

    A morte do homem começa no instante em que ele desiste de aprender. (Albino Teixeira)

    Por isso não desisto de aprender...leio...busco..pesquiso...

  14. Paulinha says:
    14 de março de 2010 17:45

    Amigo JAIR,

    Obrigada pela atenção em responder nossas dúvidas (minha e do Marcio)...."mas ainda existe uma cruz, pra você carregar....." (Perguntas indagantes do Marcinho)....hahahahah...

    Boa sorte com ele aí..rs

    Beijos!!

  15. Marcio Alves says:
    15 de março de 2010 00:05

    Paulinha, já mais foi minha intenção lhe ofender, que fique bem claro isto.
    Quando falei o que falei falando, falei no sentido de ser normal você buscar e pesquisar, até porque de fato teologia não é a sua praia, mas até que você esta se saindo muito bem, nos dando um baita trabalho e dor de cabeça. Rsrsrsrsrsr

    Ademais, parabéns por sua disposição e dedicação em aprender.

    Abraços

  16. Paulinha says:
    15 de março de 2010 15:36

    Meu amigo Marcinho,

    Tudo bem, não se preocupe que não fiquei ofendida...entendi perfeitamente sua colocação, e não tenho motivos para me sentir ofendida.

    Sempre relevo muito as palavras, e coloco em prioridade a amizade e o carinho que tenho por todos vocês...Nada irá destruir a consideração que construí por você.

    Demorei pouco tempo para conquistar o território, mas não quero ficar aqui por pouco tempo...quero que todas as nossas amizades durem por muitos e muitos anos...

    Beijos!!
    Muita paz querido.

  17. Jair dos Santos says:
    15 de março de 2010 17:37

    Amigos Marcio e Paulinha;

    Minhas repostas fundamentalistas, não passaram de um teste que me propus a fazer comigo mesmo. A medida que estamos evoluindo nas veredas do pensamento, hoje não consigo enxergar as coisas com a mesma ótica de antes. Hoje esforço-me para viver sem culpa, sem medo, sem obrigações, quero caminhar livre seguindo as batidas do meu coração.

    Fico com o que disse Jesus:

    "Não vos preocupei com o dia de amanhã..." Basta a cada dia o seu mal."

  18. Paulinha says:
    15 de março de 2010 23:52

    Amigo JAIR,

    Para mim já está mais que ótima sua ideologia e análise compreensiva sobre a tal sonhada SALVAÇÂO.

    Não preciso mais de sínteses, pois estou mais que satisfeita com sua réplica, até porque não me sinto no dever de conrariá-lo, vendo que muitas idéias suas se assimilam com as minhas.


    P.S. A confraria está deixando a desejar, a reciprocidade já não é mais a mesma, vejo por base que quem visitou a página do nosso amigo Jair foram: Marcinho, Isaías e Eu.

    Passoallll....saiam da sala da CPFG, e venham para as salas dos Confraternos.

    Caso, se encaixem no quesito de falta de tempo e falta de computador, retiro minhas palavras. Pois a compreensão também faz parte do meu ser.

    Abraços..

  19. Levi Bronzeado says:
    16 de março de 2010 00:28

    Cheguei, Jair. Antes tarde do que nunca (rsrsrs)


    Descrevestes com impetuosa espontaneidade poética, a "salvação" globalizada pregada pelos telepastores e vendida à vista e em módicas e suaves prestações (com juros satanicamente embutidos) em pacotes adocicados de algodão, que depois de lambidos só sobram palitos melados de saliva.

    Ah! Quantas almas rendidas ao algodão doce dos mercados e pátios igrejeiros. Não sabem elas, que no final de tudo só sobrará palitos.Mas eles dizem que é tudo santificado e que após saborear a lã doce, não se deve jogar os palitos fora.

    E os palitos vão parar aonde??? Onde, me digam?

    Mas os vendedores ambulantes da salvação adocicada e colorida artificialmente, nem estão aí. Nem passam por suas cabeças, que um dia, possam receber de volta uma chuva de palitos pegajosos.

    Mas um dia a casa dos "salvadores de araque" vai cair...

    Desculpe, caro Jair, pelo sono e as divagações tardias da noite, que a tua poesia me inspirou.

    Abçs,

    Levi B. Santos

  20. Jair dos Santos says:
    16 de março de 2010 08:21

    Querida Paulinha;

    Agradeço o carinho e a sua preocupação, saiba que gosto muito de ver o comentario dos confraternos nas minhas postagens, mas entendo que alguns não encontra tempo para comentar e apenas leem a postagem.

    Seria interessante que se cria-se um mecanismo no blog que registrasse cada visita, mais ou menos como no orkut. Fica aqui uma sugestão.

  21. Jair dos Santos says:
    16 de março de 2010 08:40

    Mestre Levi;

    Sempre bem vindo.

    Seu comentario em forma de desbafo, só resume e deixa explicito aquilo que tentei descrever no meu ensaio.

    Algodão doce, derrete na mão, não alimenta e não sustenta. Quando acaba deixa as pessoas labendo os dedos.

    Comparo esta salvação á produtos vendidos na 25 de março, não tem garantia do fabricante e nem quem vende garante nada só diz que é bom.

  22. Eduardo Medeiros says:
    16 de março de 2010 21:36

    Amigo Jair, eu sim digo:antes tarde do que nunca!! Mas chequei em tempo de ler esse seu poema-denúncia: salvação vendida na barraca da feira. Excelente.

    Quanto às questões que o incômodo-perguntador Márcio levantou rsss você respondeu como todos nós responderíamos a alguns tempos atrás.

    Mas o que é hoje salvação para nós? Acho que esse tema - salvação - deveria ser mais debatido por nós.

    Fica aí a sugestão para o blog da confraria.

    abraços

  23. Jair dos Santos says:
    16 de março de 2010 21:45

    Realmente o tema em questão é muito importante, e hoje que temos outra visão não sabemos o que dizer a respeito sem nos utilizarmos da velha escola sistematica e fundamentalista (digo isto por mim mesmo). Mas de uma coisa eu sei já me livrei da paranóia.

Postar um comentário